Demagogia, incompetência ou totalitarismo?

15 de março de 2021
667 Visualizações

Palavra do Presidente

Na demagogia se manipula pessoas com discursos articulados e prolixos (estender-se demais no tempo, sem sintetizar o tempo). Na incompetência, se tem os recursos necessários e ferramentas disponíveis para a atingir a eficiência e eficácia, porém, sem capacidade de gestão. Já no totalitarismo há restrição à oposição individual e às suas alegações e imposto um elevado grau de controle na vida pública e privada dos cidadãos.

Depois de uma reunião com o governo do Estado, onde expusemos a grave situação do setor do varejo no Rio Grande do Sul, clamamos pela flexibilização de um decreto que desobedece a Constituição Federal. Contudo, não houve sensibilidade da governança.

A letalidade do vírus ou gravidade da doença não justifica a quebra definitiva das pequenas empresas, extinção do orçamento familiar e a pobreza que vem se aprochegando com velocidade ao núcleo familiar.

Se o engodo do discurso #ficaemcasa – empresas, negócios e dinheiro se vê depois, e que dinheiro não interessa – qual seria a justificativa de colocar contas em dia, suprimindo a urgência de investimentos na estrutura e infraestrutura da saúde?

Qual a justificativa do relaxamento na dispersão de aglomerações vistas, noticiadas e denunciadas no Litoral? Como explicar frente ao cenário de falência da economia de nosso Estado, a ausência de uma única ação de auxílio especial as MPEs, como: financiamentos, parcelamento de Impostos? Exemplo: IPVA, isenção de taxas, pedágios e outros?

Demagogia, incompetência ou totalitarismo?

Aguardo e respeito tua opinião!

Vitor Augusto Koch
Presidente da FCDL-RS

Últimos Posts

Um Natal de vendas mais robustas no RS

Um Natal de vendas mais robustas no RS

FCDL-RS estima que a data mais aguardada do ano pelo comércio deve injetar cerca de R$ 5 bilhões na economia gaúcha   Os comerciantes do Rio Grande do Sul esperam resultados de vendas mais positivos no Natal de 2021. No último ano, a segunda onda pandemia atrapalhou a...

Parceria FCDL-RS e IEPRO-RS terá novidades em breve

Parceria FCDL-RS e IEPRO-RS terá novidades em breve

Mais benefícios para os lojistas virão no início de 2022   O presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch, esteve na sede do Instituto de Estudos de Protesto do Rio Grande do Sul – IEPRO-RS, em Porto Alegre, nesta quinta-feira (02/12), estreitando ainda mais...

Redes Sociais