Região Sul encerra 2019 com 8,20 milhões de inadimplentes

19 de janeiro de 2020
683 Visualizações

Cerca de 35,5% da população adulta do RS, SC e PR possui alguma conta em atraso e restrição no CPF

 

A região Sul do Brasil encerrou o ano de 2019 com 8,20 milhões de consumidores negativados, ou seja, com alguma conta em atraso e com o CPF restrito para contratar crédito ou fazer compras parceladas.

 

O número corresponde a 35,5% da população adulta do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, registrando uma queda de quase 1% na comparação com 2018, quando eram 8,29 milhões os inadimplentes nos três estados do sulistas.

No país, o último ano finalizou com 61 milhões de inadimplentes, com queda de 0,2 pontos percentuais em relação a 2018. A região Sul tem o menor percentual da população adulta com CPF negativado, ficando atrás da Norte, com 47,3%; Centro-Oeste, com 42,5%; Nordeste, com 40,2% e Sudeste, com 37,4%.

 

A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul – FCDL-RS, enxerga nesses dados uma pequena melhora da conjuntura econômica do país, somada a algumas ações pontuais, como campanhas de renegociação de dívidas e a liberação dos recursos do FGTS à população.

 

A entidade projeta para os próximos meses a continuidade da queda da inadimplência, ainda que a passos lentos. A aceleração desse quadro passa pela continuidade da melhora econômica e, em especial, daquilo que toca diretamente o bolso do consumidor: emprego e renda.

 

Somando todas as pendências, cada consumidor inadimplente no Brasil deve, em média, R$ 3.257,91. Já descontando os efeitos da inflação, os valores observados agora são 30% menores do que no início da série histórica, em 2010 (R$ 4.238,32). De modo geral, pouco mais da metade (52,8%) dos brasileiros inadimplentes têm dívidas em atraso de até R$ 1.000 e 47,2% acima desse valor.

Últimos Posts

QUOD lista cinco desafios do setor financeiro no combate às fraudes

QUOD lista cinco desafios do setor financeiro no combate às fraudes

Especialistas no tema elencaram os principais pontos de atenção para o mercado durante evento realizado em São Paulo   Com o objetivo de discutir os principais desafios impostos pelas fraudes ao mercado financeiro e de pagamentos, além das tendências do setor...

Redes Sociais