Nota informativa da FCDL-RS

20 de março de 2021
1460 Visualizações

A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado do Rio Grande do Sul vem informar que está atenta aos desdobramento da tutela provisória deferida pelo magistrado Eugênio Couto Terra, no final da noite de sexta-feira (19/03).

Importante salientar que o referido juiz concedeu ao Estado do Rio Grande do Sul o prazo de 72 horas para que preste informações preliminares acerca do pedido formulado por Sindicatos Laborais.

Diante deste fato, a FCDL-RS já requereu às Lideranças Políticas do Estado que não aguardem o prazo total concedido e prestem os esclarecimentos com a maior urgência, a fim de que a decisão seja revertida antes de segunda-feira (22/03).

Após os devidos esclarecimentos serem prestados pelo Estado, a Federação ingressará na ação civil pública na qualidade de amicus curiae e reforçará os argumentos para que as atividades comerciais sejam retomadas.

Por derradeiro, destacamos que o retorno do sistema de cogestão se deu após diálogo com o Governo de Estado e pedido expresso da FCDL-RS.

 

Vitor Augusto Koch

Presidente da FCDL-RS

Últimos Posts

Projeto Recupera Muçum trabalha pelo reerguimento do município

Projeto Recupera Muçum trabalha pelo reerguimento do município

Integrante do Projeto Recupera Muçum, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do município trabalha com força pela retomada das atividades do comércio local, tão impactado pelas cheias de 2023 e do último mês de maio. O presidente da entidade, Leonardo Bagnara, destaca...

Redes Sociais