Mais crédito para auxiliar a recuperação das empresas atingidas pelas cheias

31 de maio de 2024
203 Visualizações

Na quinta-feira (30/05), o Banrisul anunciou a criação do Pronampe Solidário, programa que irá disponibilizar empréstimos com juros subsidiados de até R$ 150 mil reais por CNPJ, com um ano de carência e 48 meses para pagar. O objetivo é facilitar o acesso ao crédito para os empreendedores afetados pelas enchentes no Rio Grande do Sul.

 

A iniciativa se destina para Microempreendedores Individuais (MEIs), micro e pequenas empresas, tendo a operação uma duração total de 60 meses. Dentro do Pronampe Solidário há, ainda, uma condição especial. O cliente que pagar em dia as parcelas até o vencimento de cada prestação, pagará no máximo o valor emprestado. Ou seja, se ao final da operação, o somatório do valor pago nominalmente pelo cliente superar o valor emprestado, o banco devolverá a diferença.

 

O Banrisul anunciou, ainda, a ampliação de prazo para as operações de crédito consignado (descontado em folha), contratadas pelo funcionalismo estadual e prefeituras conveniadas. A medida prevê a suspensão da cobrança na folha por 180 dias. São beneficiados servidores estaduais do Executivo, Legislativo e Judiciário. Ficam contemplados também os municipais, no caso das prefeituras que assinaram o termo de adesão do Reconstruir RS, junto ao banco.

 

Além disso, o banco ampliou a suspensão do pagamento do crédito imobiliário, de três para seis meses, diluindo as parcelas no prazo remanescente do contrato. O cliente interessado deve procurar a instituição para fazer a repactuação.

 

Cooperativas de Crédito incluídas no Pronampe do Governo Federal

 

Na última quarta-feira (29/05), o Governo Federal apresentou novas medidas de auxílio às empresas afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Entre elas, a inclusão das cooperativas de crédito do estado no Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), medida que atendeu pedido da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB).

 

Agora, além do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, as cooperativas de crédito também irão realizar as operações de acesso ao crédito para as pequenas empresas gaúchas atingidas.

Últimos Posts

Projeto Recupera Muçum trabalha pelo reerguimento do município

Projeto Recupera Muçum trabalha pelo reerguimento do município

Integrante do Projeto Recupera Muçum, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do município trabalha com força pela retomada das atividades do comércio local, tão impactado pelas cheias de 2023 e do último mês de maio. O presidente da entidade, Leonardo Bagnara, destaca...

Redes Sociais