Lojas físicas podem ter aumento da demanda de clientes na Black Friday 2021

12 de novembro de 2021
219 Visualizações

Consumidores vão buscar ofertas e descontos e, também, a melhor experiência de compra possível

 

Mais uma aposta dos lojistas gaúchos para alavancar suas vendas está chegando. A Black Friday 2021, que acontece em 26 de novembro, promete trazer resultados animadores para os comerciantes. E com um detalhe interessante: os consumidores estão mais propensos a realizarem suas compras nas lojas físicas, tendo em vista o avanço da vacinação e o conseqüente crescimento da circulação de pessoas.

– Estamos observando este avanço da presença dos clientes nas lojas físicas desde o Dia das Mães. Os consumidores estão usando os canais digitais para consultar preços e negociar e acabam fechando a compra de forma presencial nas lojas. Isto é muito bom para os lojistas, que podem oferecer ao consumidor outros produtos além daquele que ele deseja comprar, ampliando suas vendas – ressalta o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul – FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

O dirigente lembra que a Black Friday traz inúmeras oportunidades. Para o consumidor, que busca adquirir os produtos que deseja com descontos consideráveis, e para os lojistas, que podem fazer o volume de vendas crescer.

– A Black Friday já se transformou em uma data com muita força no calendário do varejo. Neste 2021 a procura pelas ofertas deve se intensificar, ainda mais com o período inflacionário que vivemos, onde a maioria dos produtos teve uma significativa elevação de preço. Desta forma, é importante que os lojistas saibam aproveitar este momento, oferecendo descontos atrativos, pois ampliam as chances de venderem mais – ressalta Vitor Augusto Koch.

No que se refere as lojas físicas, é possível perceber que nos últimos anos elas estão aprimorando muito sua relação com os fabricantes e ganhando competitividade na comparação com os portais do comércio virtual.

– Desta forma, conseguiram fazer a diferença de preço entre venda online e presencial ser cada vez menor. Fatores como a garantia de balcão, as condições reais de verificar e testar o produto antes da compra, o serviço de instalação e montagem de equipamentos mais complexos e o atendimento personalizado são atrativos que também favorecem as lojas físicas – aponta o presidente da FCDL-RS.

A exemplo de anos anteriores, os consumidores pretendem comprar não apenas na sexta-feira, mas assim que os descontos começarem a surgir. Desta forma, realizar promoções na semana de 26 de novembro é uma alternativa interessante para vender e, ainda, evitar os atropelos de última hora.

Smartphones e aparelhos eletrônicos devem seguir ocupando os postos principais do ranking de produtos mais vendidos na Black Friday, vindo a seguir eletrodomésticos, vestuários, calçados e cosméticos.

Neste ano, a expectativa é de incremento no montante de vendas na Black Friday, que no Estado, no ano passado, chegou próximo dos R$ 700 milhões, somando compras online e em lojas físicas. Em nível nacional, somente as vendas pelos canais online superam a casa dos R$ 4,7 bilhões, numa alta de 25% na comparação com 20219.

Confira algumas dicas da FCDL-RS para vender mais na Black Friday 2021:

Nas lojas físicas, defina os produtos que estarão em promoção e que ganharão destaque na estratégia de divulgação, ocupando os principais espaços da vitrine.

No caso do e-commerce, importante definir qual proudot será o protagonista dos anúncios do empreendimento.

O aumento da demanda também estabelece um incremento da estrutura – física ou virtual – de atendimento. É preciso preparar o estoque; reforçar o quadro de colaboradores, caso seja necessário; e garantir o pleno funcionamento do site ou plataforma de marketplace, evitando a queda da rede durante os acessos.

Por fim, somando a venda de um bom produto com a experiência de uma compra com atendimento de excelência vai viabilizar a fidelização e retenção do cliente, fazendo ele retornar para sua loja.

A Black Friday 2021 é uma ótima oportunidade para trabalhar os canais de atendimento e expandir a base de clientes. Ao se comunicar com novos consumidores e oferecer uma ótima experiência, as chances de fidelização são muito grandes.

Além disso, possbilita recompensar aqueles que já estão na base de clientes e fortalecer o relacionamento com eles, oferecendo, por exemplo, descontos vantajosos e exclusivos para os consumidores fiéis.

 

Últimos Posts

Um Natal de vendas mais robustas no RS

Um Natal de vendas mais robustas no RS

FCDL-RS estima que a data mais aguardada do ano pelo comércio deve injetar cerca de R$ 5 bilhões na economia gaúcha   Os comerciantes do Rio Grande do Sul esperam resultados de vendas mais positivos no Natal de 2021. No último ano, a segunda onda pandemia atrapalhou a...

Parceria FCDL-RS e IEPRO-RS terá novidades em breve

Parceria FCDL-RS e IEPRO-RS terá novidades em breve

Mais benefícios para os lojistas virão no início de 2022   O presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch, esteve na sede do Instituto de Estudos de Protesto do Rio Grande do Sul – IEPRO-RS, em Porto Alegre, nesta quinta-feira (02/12), estreitando ainda mais...

Redes Sociais