Conselho de Representantes da FCDL-RS determina, por unanimidade, afastamento de diretores que agridem e afrontam os lojistas gaúchos

11 de agosto de 2020
12103 Visualizações

Atos ilegais e imorais praticados por Jorge Claudimir Prestes Lopes, Fernando Luis Palaoro e Moacir Paulo Lodi foram repudiados pelo Movimento Lojista gaúcho

 

Em uma Assembleia Geral Extraordinária histórica, realizada na segunda-feira (10/08), o Conselho de Representantes da FCDL-RS decidiu, por unanimidade, pelo afastamento liminar e temporário do 1º vice-presidente da entidade, Jorge Claudimir Prestes Lopes; do vice-presidente Fernando Luis Palaoro; e do 1º diretor-financeiro Moacir Paulo Lodi. Foi a resposta do Movimento Lojista gaúcho aos três que deixaram seus interesses pessoais obscuros se sobreporem ao associativismo e a unidade do varejo do Rio Grande do Sul.

 

Os três diretores foram afastados por causa da série de atos ilegais e imorais praticados nos dias 26 e 27 de maio, que representaram uma agressão não apenas à FCDL-RS, mas para todos os lojistas do Rio Grande do Sul. O Conselho de Representantes da FCDL-RS, integrado por presidentes das Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs) e diretores distritais da entidade, considerou gravíssimas as ações praticadas por Jorge Prestes Lopes, Fernando Palaoro e Moacir Lodi, como arrombamento da sede da Federação, em Porto Alegre, troca de senhas de acesso às salas, manuseio de documentos confidenciais, constrangimento do presidente e de funcionários e tentativa de se apossar da presidência da entidade sem nenhum amparo legal ou estatutário. Sem falar nos graves ataques pessoais praticados contra o presidente e outros diretores da FCDL-RS em diversas ocasiões.

 

Os atos desqualificados praticados em maio foram mais alguns no histórico de ações lamentáveis que os três diretores realizam há quase quatro anos, demonstrando a falta de decoro para os cargos que exercem e a desconsideração para com a história da FCDL-RS e do Movimento Lojista do Rio Grande do Sul. A busca cega pelo poder gerou para Jorge Prestes Lopes, Fernando Palaoro e Moacir Lodi o total repúdio dos dirigentes sérios e comprometidos com o desenvolvimento do varejo gaúcho. Isso se refletiu na decisão unânime de afastamento dos três da diretoria da FCDL-RS.

 

Mais uma vez ficou demonstrado que os lojistas gaúchos não querem pessoas que não respeitam leis, ética e moral. Pessoas que buscam atingir seus objetivos imorais e escusos promovendo a destruição, a desconstrução e a divisão. Jorge Claudimir Prestes Lopes, Fernando Luis Palaoro e Moacir Paulo Lodi imaginaram que poderiam zombar e atacar o Movimento Lojista gaúcho sem ter a devida resposta. Pois se enganaram e a justiça foi feita na histórica assembleia do Conselho de Representantes da FCDL-RS.

 

NA FOTO, DA ESQUERDA PARA A DIREITA: MOACIR LODI, JORGE PRESTES LOPES e FERNANDO PALAORO

Últimos Posts

Além das Políticas Setoriais

Além das Políticas Setoriais

A sociedade brasileira há muito tempo discute o papel do estado na economia e, desde a Constituição Federal de 1988, a complexidade da economia e da configuração social brasileira é crescente. As carências em educação, qualificação profissional e atendimento à saúde,...

Benefícios aos associados da FCDL-RS

Benefícios aos associados da FCDL-RS

Conheça as organizações parceiras da FCDL-RS que disponibilizam aos associados da Federação diversos benefícios na utilização de seus produtos e serviços. A FCDL-RS celebrou convênio com essas empresas e instituições pensando no bem-estar, no desenvolvimento e...

Redes Sociais