Varejo gaúcho busca recuperação de parte das vendas de 2020 no Dia das Crianças

6 de outubro de 2020
1101 Visualizações

FCDL-RS entende que a data comemorativa ganhou um significado ainda maior para os lojistas em função da retração econômica vivida neste ano

 

A celebração do Dia das Crianças em 2020 pode representar muito mais do que uma data especial para o varejo gaúcho. É uma oportunidade fundamental para que os lojistas tentem recuperar parte dos graves prejuízos que tiveram ao longo deste ano complicado.

 

No Rio Grande do Sul, o Dia das Crianças se apresenta como a primeira data comemorativa do ano em que a quase totalidade das lojas podem trabalhar sem as restrições impostas entre março e agosto à atividade comercial.

 

– Com certeza, é um fator que ajuda muito os nossos varejistas. Nas principais datas de 2020, como Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia dos Pais, a maior parte deles não pôde abrir as postas e atender seus clientes da forma cordial que sempre estiveram acostumados. Então, cresce a importância das vendas do Dia das Crianças, mesmo para quem não trabalhe com os artigos especificamente destinados aos pequenos – ressalta o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

 

Embora não faça projeção a respeito do volume de vendas, o presidente da FCDL-RS destaca que o Dia das Crianças, tradicionalmente, faz os pais ou responsáveis irem às compras. Por isso, acredita que os consumidores estarão buscando presentes como brinquedos, que agradam o público infantil de 5 a 12 anos, entre os quais as bonecas, os carros articulados e jogos educativos ou de tabuleiros variados. Para os adolescentes, a intenção de compra maior, nos últimos anos, recaiu nos produtos da área tecnológica, como smartphones, além de artigos de informática e de vestuário.

 

– A procura pelos presentes deve ser grande, ainda que eles tenham um ticket médio não muito elevado, fruto do nosso atual combalido cenário econômico. Os consumidores estão avaliando o quanto o seu orçamento familiar lhes permite gastar e de que forma vão pagar por essas compras. Mas, de forma geral, entendemos que vão procurar, caso tenham condições, pagar à vista – destaca Vitor Augusto Koch.

 

Para intensificar as vendas nesta data especial, a FCDL-RS recomenda aos lojistas que tenham foco e assertividade para realizar bons negócios nesse Dia das Crianças. É importante que busquem se aproximar ainda mais de seus clientes, avisando-os sobre possíveis promoções para a data, por meio das redes sociais, e-mail marketing e WhatsApp.

 

Também é possível sugerir aos pais dicas e ideias de presentes, oferecer boas condições de pagamento, sugerir compras adicionais e complementares. Outro detalhe fundamental, é sempre respeitar os protocolos de atendimento determinados pelas autoridades de Saúde, como o uso obrigatório de máscara, a disponibilização de álcool em gel e o distanciamento físico dentro da loja.

 

Últimos Posts

Além das Políticas Setoriais

Além das Políticas Setoriais

A sociedade brasileira há muito tempo discute o papel do estado na economia e, desde a Constituição Federal de 1988, a complexidade da economia e da configuração social brasileira é crescente. As carências em educação, qualificação profissional e atendimento à saúde,...

Benefícios aos associados da FCDL-RS

Benefícios aos associados da FCDL-RS

Conheça as organizações parceiras da FCDL-RS que disponibilizam aos associados da Federação diversos benefícios na utilização de seus produtos e serviços. A FCDL-RS celebrou convênio com essas empresas e instituições pensando no bem-estar, no desenvolvimento e...

Redes Sociais