Um grito de liberdade contra a perseguição e a mentira

9 de julho de 2021
306 Visualizações

O Conselho Estadual de Representantes da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul, reunido em Assembleia Geral Extraordinária, no último dia 21 de junho, decidiu, por maioria absoluta de votos, dar um basta a constante perseguição política promovida pela CNDL, SPC Brasil e CDLs integrantes da oposição que não se conformaram com a derrota no pleito de 2017.

 

O órgão máximo da FCDL-RS referendou a desfiliação da entidade do Sistema Confederativo, demonstrando sua indignação com os ataques praticados, de forma vil, caluniosa e difamatória, contra o presidente Vitor Augusto Koch e a atual gestão da Federação.

 

Os líderes genuínos do Movimento Lojista do Rio Grande do Sul, que acompanham a trajetória comprometida da FCDL-RS na defesa irrestrita do associativismo e das suas CDLs afiliadas, não suportam mais ver o desrespeito e a falta de ética empregados pela CNDL, SPC Brasil e CDLs opositoras, lideradas pela sonegadora CDL Caxias do Sul, nas práticas que adotaram para tentar destruir uma história de cinco décadas de relevantes serviços prestados aos varejistas gaúchos.

 

São ataques pessoais e contra a entidade que superaram todo e qualquer limite ético e moral. Mentiras, traições, calúnias, difamações, envolvendo não apenas o cargo exercido pelo presidente Vitor Augusto Koch, ainda atingindo a vida pessoal, profissional,  bem como de seus familiares e sua conceituada empresa, fundada em 1959.

 

Esse tipo de atitude baixa dos difamadores recebeu o devido repúdio. A desfiliação da FCDL-RS do Sistema Confederativo representa um grito de LIBERDADE contra a perseguição e a mentira.

 

O democrático voto concedido pelos integrantes do Conselho de Representantes da FCDL-RS demonstrou que os gaúchos não se curvam aos interesses e desmandos daqueles que tentam, no centro do Brasil, através da disseminação do medo, de mentiras e de calúnias, concretizar seus objetivos escusos de enfraquecer as CDLs e lucrarem com isso.

 

Os que sonegam, que traem, que promovem a balbúrdia e fomentam a desunião para lucrarem, foram relegados ao obscurantismo da história pelos legítimos representantes dos lojistas gaúchos.

 

A FCDL nunca abandonou e jamais abandonará suas afiliadas. O respeito, a ética, a moral, a democracia, fazem parte da história da Federação e a tornaram uma entidade com representatividade e voz forte para defender os lojistas do Rio Grande do Sul.

 

A Federação vai seguir em frente, continuando sua jornada em favor do associativismo e do fortalecimento do varejo do Rio Grande do Sul.

 

O bem coletivo prevalecerá sobre os interesses individuais de alguns poucos que pregam a discórdia.

 

A FCDL-RS agradece a confiança que lhe foi depositada pelos legítimos líderes do Movimento Lojista do Rio Grande do Sul, na certeza de que seguirá construindo um caminho de conquistas para as CDLs afiliadas e seus associados. Com a mesma seriedade e competência que caracterizam a Federação há 49 anos.

 

Diretoria da FCDL-RS

 

Últimos Posts

26 de julho – Dia dos Avós

26 de julho – Dia dos Avós

Amor que conforta! Sorriso que acalma. Carinho que fortalece nossos corações. Nossos avós nos transmitem tudo isso, sempre com alegria e felicidade. Feliz Dia dos Avós!

FCDL-RS projeta indicadores positivos de vendas no Dia dos Avós

FCDL-RS projeta indicadores positivos de vendas no Dia dos Avós

Data comemorativa ganha força no calendário comercial devido ao seu grande apelo sentimental   Data comemorativa que vem ganhando espaço no comércio o Dia dos Avós, celebrado em 26 de julho, se apresenta como mais uma oportunidade do varejo gaúcho reaquecer suas...

Redes Sociais