Liquidações ajudam a impulsionar vendas do comércio gaúcho no início do ano

9 de janeiro de 2024
189 Visualizações

Com a chegada do novo ano ocorre o início de um dos períodos mais aguardados pelos consumidores para adquirir os produtos que desejam por preços mais acessíveis, as liquidações promovidas pelo comércio.

Nos primeiros dias de janeiro uma parcela significativa dos lojistas em todo o país adota essa estratégia de liquidar os estoques remanescentes do final do ano anterior e, também, buscar gerar vendas mais consistentes em um período que se caracteriza por diminuição do consumo, especialmente nas cidades onde as férias reduzem o número de clientes nos estabelecimentos comerciais.

Na primeira semana de janeiro já foi possível observar muitas lojas realizando promoções atrativas para os clientes, como descontos expressivos e prazos ampliados de pagamento.

– Costumeiramente os meses de janeiro e fevereiro apresentam vendas mais tímidas, tendo em vista que boa parte da renda disponível das famílias é direcionada para outros compromissos financeiros típicos do período, como IPTU, IPVA, despesas escolares e as férias. Assim, com promoções atrativas os lojistas renovam o interesse das pessoas em fazer compras – avalia o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

O dirigente lembra que existem fatores contribuindo para os consumidores aproveitarem as promoções do início do ano, como o aumento da empregabilidade, a queda dos índices inflacionários e a redução da taxa de juros, o que viabiliza um crediário mais acessível.

– Um detalhe importante para os lojistas ficarem atentos é que os consumidores que tem a intenção de realizar compras estão naturalmente mais criteriosos na escolha dos produtos. Assim, o comerciante que ofertar descontos percebíveis e personalizar o atendimento, promovendo uma experiência de compra positiva aos seus clientes terá maiores possibilidades de realizar vendas consistentes – destaca Vitor Augusto Koch.

 

A prática de liquidações nos primeiros meses tem proporcionado um incremento da participação de janeiro e fevereiro – tradicionalmente os meses de menor movimento nas lojas – nas vendas totais do ano. Até 2013, os dois meses representavam cerca de 14% do volume comercializado pelo varejo no Rio Grande do Sul. Em 2023, o índice subiu para quase 18%.

Dicas para os lojistas venderem mais no período de liquidações

– Na hora de anunciar seus descontos, não faça isso apenas com um cartaz. Entre em contato com seus clientes, seja por telefone, e-mail ou rede social. Mesmo se o cliente não estiver planejando gastar, pode ser que ele passe na loja para uma visita e leve uma peça. Além disso, as notícias correm e o cliente pode ser a ponte entre sua loja e novos consumidores.

– Deixe os produtos facilmente alcançáveis, para que o cliente possa tocar e ver bem de perto, pois quanto mais um produto pode ser tocado, maiores são as chances de venda.

– Atenda com exclusividade sempre. Faça o atendimento completo. Converse com o cliente, identificando suas necessidades.

– Mudanças de layout constantes na loja podem fazer toda a diferença e chamar mais atenção, mesmo que os produtos sejam os mesmos. Por isso, sempre que possível, mude sua vitrine e a disposição de seus produtos.

Últimos Posts

Além das Políticas Setoriais

Além das Políticas Setoriais

A sociedade brasileira há muito tempo discute o papel do estado na economia e, desde a Constituição Federal de 1988, a complexidade da economia e da configuração social brasileira é crescente. As carências em educação, qualificação profissional e atendimento à saúde,...

Benefícios aos associados da FCDL-RS

Benefícios aos associados da FCDL-RS

Conheça as organizações parceiras da FCDL-RS que disponibilizam aos associados da Federação diversos benefícios na utilização de seus produtos e serviços. A FCDL-RS celebrou convênio com essas empresas e instituições pensando no bem-estar, no desenvolvimento e...

Redes Sociais