FCDL-RS projeta crescimento das vendas no Natal 2020

18 de dezembro de 2020
1107 Visualizações

Entidade estima que a data deve ter elevação no faturamento de vendas entre 10% e 12% maior do que 2019

 

O Natal 2020 traz uma boa expectativa para o varejo gaúcho. A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul – FCDL-RS estima que a principal data do comércio deverá ter um volume de vendas semelhante ao de 2019, mas o faturamento deve ser entre 10% e 12% maior do que o registrado no último ano.

 

O presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch, ressalta que o crescimento do faturamento é uma boa notícia, embora seja necessário descontar a inflação e a carga de aumento que alguns produtos tiveram, em razão da valorização do dólar e a consequente queda do real na comparação com a moeda norte-americana.

 

– Ainda assim, a perspectiva de crescimento é um alívio para os lojistas, que enfrentaram duros obstáculos ao longo de 2020, o que trouxe quedas expressivas nas vendas durante quase 9 meses do ano. Há o fator emocional do Natal, a questão das pessoas ainda não poderem se reunir a pleno com seus familiares e amigos. Então, o presente acabará tendo maior relevância para demonstrar afeto e carinho – destaca Vitor Augusto Koch.

 

Na avaliação do presidente da FCDL-RS, a possibilidade do comércio poder trabalhar com maior flexibilização de horários neste período natalino vai ajudar os lojistas a venderem mais. Mesmo com o desejo de consumo existindo, o valor do ticket médio para os presentes no Natal 2020 deverá ser menor do que em 2019, ficando na casa dos R$ 140.

 

– No que diz respeito aos produtos mais procurados para presentear, acreditamos que aqueles tradicionais, como roupas, brinquedos, calçados e produtos de beleza e perfumaria devem continuar tendo a preferência dos consumidores. No atual cenário que vivemos é importante que os lojistas sigam à risca todos os protocolos de prevenção a Covid-19 determinados pelas autoridades, como o uso obrigatório de máscara para colaboradores e clientes, a disponibilização de álcool em gel e o distanciamento físico dentro dos estabelecimentos. O consumidor também precisa colaborar, obedecendo esses regramentos – enfatiza Vitor Augusto Koch.

 

Realizar promoções atraentes, ofertar boas condições de pagamento, contatar os clientes via redes sociais como WhatsApp, Facebook, Instagram e Twitter são outras dicas que a FCDL-RS dá aos lojistas para incrementarem suas vendas natalinas.

Últimos Posts

Redes Sociais