Palavra do Presidente

Sapiens

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Palavra do presidente da FCDL-RS

É algo incomum como a sociedade brasileira está se habituando a notícias sobre corrupção a partir dos principais políticos do país. Claro que as manchetes sobre novos roubos do dinheiro que a população paga em impostos chama a atenção e causa revolta. Porém, tão ruim quanto o assalto aos recursos, é a maneira desrespeitosa como a inteligência e tolerância dos brasileiros é agredida por meio de articulações que se tornam públicas para salvar os cargos e, por vezes, a liberdade daqueles que ultrapassaram todos os limites éticos e arrasaram a economia de nosso país.

Longe de ser segredo, o que os veículos de comunicação divulgam por conta de conchavos vergonhosos, completamente externos aos interesses do Brasil, estão ameaçando destruir itens fundamentais para evitar o completo colapso social e econômico do país: a reforma previdenciária e a trabalhista.

Com todo o respeito a quem é contra estas duas questões, nossa opinião é clara no sentido de que sem aumentar as exigências de tempo de serviço para a aposentadoria e não permitir maior flexibilidade dos contratos de trabalho, não há saída na direção de dias melhores para a geração de emprego, renda e sustentabilidade da sociedade.

Respeitosamente, aceitamos de bom grado ouvir e debater com pessoas que pensam diferente. É este o grande mérito da democracia: o confronto civilizado de ideias normalmente encaminha as melhores soluções. No entanto, é inadmissível colocar na mesa de negociações, com a intenção de salvar o próprio pescoço, questões que interessam ao conjunto da população nacional.

De acordo com fontes confiáveis, como Folha de São Paulo, o Globo, dentre outras, a reforma previdenciária pode ficar apenas em limite de idade para se aposentar e a trabalhista manterá o injustificável imposto sindical. Isto, apenas para negociar a sustentação de situações sem futuro.

Analogamente, estão afundando o Titanic (o Brasil!), para manter flutuando um barquinho de papel que certamente será desfeito nas ondas seguintes. Caso estas tendências se concretizem da maneira como está antecipado pela imprensa, não adiantará termos uma, dez, cem ou mil lava a jatos limpando as sujeiras do passado, já que os políticos de mentalidade poluída insistem em fomentar a imundície no futuro.

Se isto não acabar, e logo, pode ser uma das razões da paralisação do processo evolutivo no sul da América e, talvez, o início da autodestruição dos sapiens. De forma humorada, é uma grave afronta à revolução cognitiva, experimentada no curso da história!

Vitor Augusto Koch

Presidente FCDL-RS

R. Doutor Flores, 240 2°Andar - Centro Histórico | Porto Alegre - RS | CEP 90020-120 | (51) 3213.1777 | fcdl@fcdl-rs.com.br

© 2016 Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RS. Todos os diretor reservados.

Procurar