Comunicação

Varejo gaúcho está engajado na busca por soluções para a questão dos resíduos sólidos

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

FCDL-RS participou do 7º Seminário Cidade Bem Tratada, realizado em Porto Alegre, com debates importantes para a área ambiental

 

A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul – FCDL-RS, participou do primeiro painel da 7ª edição do Seminário Cidade Bem Tratada, realizado no auditório do Ministério Público, em Porto Alegre, na segunda-feira (11/06). O consultor de economia da entidade representativa do varejo gaúcho, Eduardo Starosta, integrou o grupo de painelistas que debateu o tema “Como está a política nacional de resíduos sólidos”, mediado pelo professor da UNISINOS, Carlos Moraes.

 

Starosta apontou que o seminário é um evento fundamental para que seja criada uma solução pragmática para a importante questão dos resíduos sólidos, água e energia renováveis.

 

- A responsabilidade é de todos nós. Precisamos melhorar em vários aspectos e a liderança do comércio varejista tem interesse que isso aconteça. Devemos ter integração, pois a responsabilidade é coletiva – alertou Eduardo Starosta.

 

O consultor de economia da FCDL-RS lembrou, ainda, que entre os quase 100 mil estabelecimentos varejistas do Rio grande do Sul, subdivididos em 80 ramos, diversos estão engajados em iniciativas de política reversa, com forte relação entre indústria – varejo – consumidor.

 

Também participante do painel, a promotora de Justiça de Defesa do Meio Ambiente de Porto Alegre, Annelise Monteiro Steigleder, abordou o contexto de implementação do acordo setorial de embalagens em geral e falou sobre a logística reversa dos resíduos, sujeitos à responsabilidade pós-consumo. Rogério Menezes, presidente da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (ANAMMA), apresentou o panorama da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305 de 2010), os principais avanços e os gargalos dos municípios para colocá-la em prática.

 

Já Renato Chagas, chefe do Departamento de Controle e Licenciamento da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM) explicou sobre gestão de resíduos sólidos, tecnologias aplicadas e seu licenciamento ambiental.

 

O coordenador do Seminário Cidade Bem Tratada, Beto Moesch, que é presidente da presidente da Fundação Mata Atlântica e Ecossistemas, agradeceu a participação de autoridades da iniciativa privada, de órgãos públicos e de representantes de trabalhadores no evento. Segundo ele, o termo sustentabilidade se banalizou. Porto Alegre tem geração de lixo per capita de 1,2 kg, enquanto que em outros países na Europa a média já está abaixo de 1 kg per capita.

 

 

 

 

 

 

R. Doutor Flores, 240 2°Andar - Centro Histórico | Porto Alegre - RS | CEP 90020-120 | (51) 3213.1777 | fcdl@fcdl-rs.com.br

© 2018 Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RS. Todos os direitos reservados.

Procurar