Comunicação

FCDL-RS apoia realização de plebiscito para privatizar estatais deficitárias

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Entidade representativa do varejo gaúcho participou de encontro liderado pelo governador Sartori, no Palácio Piratini, para debater o tema

 

Representada pelo 1º vice-presidente, Jorge Prestes Lopes, e pelo 1º diretor financeiro, Moacir Lodi, a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul – FCDL-RS, participou do encontro promovido pelo governo gaúcho com os setores produtivos do estado para reforçar a importância do plebiscito para privatizar ou federalizar as empresas estatais que estão com dificuldades financeiras ou para ampliar os investimento – Sulgás, Companhia Riograndense de Mineração (CRM) e Grupo CEEE. Na reunião realizada no Palácio Piratini, em Porto Alegre, o governador José Ivo Sartori falou sobre os motivos pelos quais defende o plebiscito.

 

O governo gaúcho entende que o principal motivo é deixar que a população decida qual cenário prefere: um Estado que invista cada vez mais em áreas essenciais, como Saúde, Educação, Segurança, Infraestrutura e Políticas Sociais; ou um Estado que retira recursos dessas áreas para cobrir os rombos de empresas deficitárias.

 

O chefe da Casa Civil, Cleber Benvegnú e a secretária estadual de Minas e Energia, falaram sobre o atual quadro das estatais e dos trâmites para realização do plebiscito junto a Assembleia Legislativa gaúcha. Benvegnú lembrou que o governador tenta destravar o tema no parlamento estadual desde 2015.

 

Os números apresentados por Suzana Kakuta mostram a crise operacional das três estatais, especialmente da CEEE, que enfrenta sérios problemas financeiros, com um patrimônio líquido negativo de R$ 1,2 bilhão e um passivo trabalhista de quase R$ 800 milhões.

 

Após as explanações governamentais, o 1º vice-presidente da FCDL-RS, Jorge Prestes Lopes, afirmou que a Federação, sob a liderança do presidente Vitor Augusto Koch, vai somar esforços com o governo gaúcho e as entidades empresariais para viabilizar a realização do plebiscito, por entender a necessidade desse processo para o futuro do Rio Grande do Sul. Para o dirigente, é fundamental que a população tenha a oportunidade de se manifestar, democraticamente, sobre as privatizações.

 

Ao final do encontro, o governador José Ivo Sartori agradeceu a compreensão das entidades, fundações e sindicatos presentes, lembrando que o governo está olhando para o futuro do Rio Grande do Sul e pedindo que a Assembleia possibilite que a população seja consultada e decida qual o destino que deve ser dado ao Estado.

R. Doutor Flores, 240 2°Andar - Centro Histórico | Porto Alegre - RS | CEP 90020-120 | (51) 3213.1777 | fcdl@fcdl-rs.com.br

© 2018 Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RS. Todos os direitos reservados.

Procurar