Comunicação

FCDL-RS considera importante a aprovação do novo Cadastro Positivo na Câmara

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 Mudanças nas regras devem estimular competição no mercado de crédito e favorecer consumidores e empresas que honram seus compromissos financeiros

 

A aprovação do Cadastro Positivo pela Câmara dos Deputados em votação realizada na quarta-feira (9/05) é um avanço importante para estimular competição no mercado de crédito e favorecer os consumidores. Essa é a avaliação da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul – FCDL-RS, sobre o Projeto de Lei Complementar 441/2017 que desburocratiza as regras do Cadastro Positivo.

 

As mudanças contidas no substitutivo aprovado pelos deputados e que volta ao Senado para nova votação, devido às alterações feitas pelo relator da matéria, deputado Walter Iroshi (PSD-SP), vai permitir, por exemplo, que consumidores e empresas que honram seus compromissos financeiros possam ter acesso ao crédito mais facilmente e com juros menores.

 

- Atualmente, o bom pagador é penalizado pelo consumidor inadimplente, fazendo com que os juros sejam elevados para todos, independentemente do seu comportamento financeiro. O Cadastro Positivo vai possibilitar que o consumidor seja analisado pelo seu próprio histórico de pagamentos, e não apenas pelas restrições pontuais existentes em seu nome, o que acaba sendo um modelo mais justo e abrangente – desta o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

 

Uma das principais mudanças propostas no projeto é a inclusão no cadastro de todos os CPFs e CNPJs do Brasil, sendo possível optar pela exclusão de informações de forma gratuita. Com o novo Cadastro Positivo, gestores de bancos de dados terão acesso a informações sobre empréstimos quitados e pagamentos em dia, formando uma nota de crédito que poderá ser consultada para a avaliação de risco na concessão de financiamentos, empréstimos e compras a prazo. Com isso, consumidores que não têm relacionamento com bancos e cartões de crédito poderão comprovar que são bons pagadores. Os dados sensíveis dos cidadãos e o sigilo bancário seguem preservados, respeitando exigências do Código de Defesa do Consumidor.

 

O presidente da FCDL-RS lembra que a mudança nas regras do Cadastro Positivo também deve estimular a competição na oferta de crédito entre instituições financeiras, como fintechs, cooperativas, pequenas financeiras e também entre empresas do varejo.

 

- Atualmente, as instituições financeiras de grande porte já possuem informações sobre o perfil de pagamento dos clientes com os quais mantêm relacionamento, mas essas informações não são compartilhadas com o mercado de crédito como um todo, impossibilitando que haja uma competição saudável entre diversos players e um alcance maior dessas informações – ressalta Vitor Augusto Koch.

 

O Cadastro Positivo é um banco de dados operado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) que reúne informações sobre o histórico de pagamentos realizados pelos consumidores. 

 

R. Doutor Flores, 240 2°Andar - Centro Histórico | Porto Alegre - RS | CEP 90020-120 | (51) 3213.1777 | fcdl@fcdl-rs.com.br

© 2018 Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RS. Todos os direitos reservados.

Procurar