Comunicação

Varejo gaúcho saúda andamento de projeto de revitalização do Cais Mauá

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul - FCDL-RS esteve representada no evento realizado nesta terça-feira (05/12)

O ato foi de concessão da licença de instalação para a Empresa Cais Mauá do Brasil S.A., que permite o início das obras de revitalização do local. Para a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul – FCDL-RS, o projeto é uma ferramenta importante para alavancar negócios no varejo e na economia como um todo.

- Sem dúvida ficamos otimistas porque é um espaço nobre da nossa cidade que não é aproveitado. Teremos um incentivo ao turismo e exploração de pontos comerciais. O que desejamos é que nosso Cais, finalmente seja viabilizado e possa receber a população. Porto Alegre e o Rio Grande do Sul só têm a ganhar com isso – afirmou o vice-presidente da FCDL-RS, Fernando Palaoro.

Durante a solenidade, o prefeito Nelson Marchezan Junior, agradeceu o empenho de todos os envolvidos no projeto vislumbrando um grande benefício para população a partir da futura entrega da obra.

- Agradecemos aos investidores privados que estão aqui ao nosso lado. É essa linha que nosso governo segue, pois estamos junto a pessoas que, realmente, querem fazer a mudança na vida das pessoas – afirmou.

O representante da Assembleia Legislativa, deputado Tiago Simon, enalteceu o trabalho que vem sendo feito para reformulação do espaço, há muitos anos abandonado.

- Estamos devolvendo o rio, que é o maior patrimônio natural da cidade, para a população. Contemplamos o pôr do sol, os esportes náuticos e a integração do portoalegrense com o Guaíba – disse.

A cerimônia de entrega da licença de instalação do empreendimento, no pórtico central do cais, contou com a participação do governador José Ivo Sartori.

- Esse é um marco histórico para todos os gaúchos — declarou o governador.

A primeira fase de obras prevê o restauro de 11 armazéns e a construção de 10 praças, em dois anos, a um custo de R$ 80 milhões. As etapas seguintes preveem prédios comerciais e um centro comercial. O prazo total é de seis anos, e cerca de R$ 500 milhões deverão ser aplicados.

R. Doutor Flores, 240 2°Andar - Centro Histórico | Porto Alegre - RS | CEP 90020-120 | (51) 3213.1777 | fcdl@fcdl-rs.com.br

© 2018 Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RS. Todos os direitos reservados.

Procurar