Comunicação

CDL Igrejinha e Três Coroas promoveu debate sobre acessibilidade e negócios

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Evento integrou ações da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, que transcorre de 21 a 28 de agosto

 

Integrada às ações da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, que transcorre de 21 a 28 de agosto, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Igrejinha e Três Coroas, afiliada da FCDL-RS, promoveu no dia 22 de agosto o seu II Fórum de Acessibilidade e Negócios.

 

Por meio do evento, a entidade lojista incentivou seus associados e demais integrantes da sociedade para um debate sobre a realidade apresentada nos municípios de sua atuação. Com um olhar especialmente voltado aos estabelecimentos comerciais, os painelistas convidados da CDL chamaram a atenção dos empresários sobre a importância de tornar seus negócios acessíveis a todos os clientes e, além disso, conquistar uma importante fatia de mercado que, muitas vezes, acaba ficando desassistida.

 

Conforme o engenheiro civil Douglas Franck, apesar de existirem leis estaduais e federais que normatizam a acessibilidade em locais públicos e privados, não há uma ação efetiva em nível municipal que faça valer os direitos das pessoas com deficiência.

 

- Nos municípios da nossa região – Vale do Paranhana e Serra – apenas a prefeitura de Gramado nega a aprovação de projetos que não estejam de acordo com as leis de acessibilidade - ressaltou Franck.

 

Para ele, as Câmaras de Vereadores poderiam auxiliar nesta questão, propondo leis municipais que exijam acessibilidade como parâmetro mínimo para a liberação de uma obra.

 

Muitas vezes, por causa de um degrau, uma pessoa não consegue ter acesso a uma loja – avaliou o painelista.

 

O fato foi reforçado pelo psicólogo e atleta paraolímpico Gabriel Feiten. Cadeirante desde os 21 anos, Feiten destacou a importância do evento da CDL e reforçou a importância das leis serem cumpridas e fiscalizadas.

 

- Isso fere um direito previsto na constituição federal que é o de ir e vir; não é um favor, é uma questão de respeito - assinalou Gabriel.

 

Também participaram do debate, mediado por Juliano Müller, Valter Ribeiro e Livia Honaiser, presidentes dos Conselhos Municipais dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Igrejinha e de Três Coroas, respectivamente.

R. Doutor Flores, 240 2°Andar - Centro Histórico | Porto Alegre - RS | CEP 90020-120 | (51) 3213.1777 | fcdl@fcdl-rs.com.br

© 2018 Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RS. Todos os direitos reservados.

Procurar